#LA2012MJ: Thriller e Forest Lawn Cemetery

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Olá, pessoal!
Neste post vou continuar a contar com foi a nossa última terça-feira em Los Angeles. De manha passeamos pelo Westlake Studios e falamos de música.  À tarde falamos de cenários de Thriller e visitamos o Forest Lawn Cemetery. Mais emoções, nem tão boas assim…
Bem, depois do almoço e de uma manhã lotada de euforia e emoção, partimos para Glendale e não demorou para chegarmos. Lá, estacionamos o carro, nos preparamos psicologicamente, entramos e fomos à Floricultura. Lá compramos flores variadas e subimos para o mausoléu. Desta vez encontrei o local bem rápido, sem qualquer erro.

Lembro que da primeira vez que estive lá, eu não sabia para que lado ficava e como não podia perguntar para ninguém, o jeito foi percorrer aquele cemitério todo (que é ENORME, acreditem!) na busca pelo Mausoléu que eu tinha visto pela TV, em 2009. Eu andei por cerca de 2h30min, debaixo de um sol escaldante que só o verão da California oferece até chegar no local correto.

Foi BEM difícil aquele dia! Alem do cansaço físico, do sol rachando e fritando meus neurônios, da falta de líquido e do desgaste todo, havia também a pressão emocional. Tudo isso não me permitiu chegar próxima à porta do mausoléu, era forte demais para mim. Ainda tentei e passei mal. Aquele lugar é repleto de energia, de emoção, de paz e angústia. Confesso que é sempre difícil estar ali, mas eu precisava voltar, tanto para tentar me aproximar daquela porta, como para levar as meninas que sonhavam com aquele momento.

Chegamos lá e a comoção foi geral. Choramos, oramos, conversamos, conhecemos outros fãs do México e Japão que por ali também passaram, ofertamos nossas flores, fotografamos, pedimos imensamente para podermos ver ou tirar uma foto sequer, para uma moça que saia lá de dentro, e nada! Ok, depois dei um jeito de improvisar uma câmera escura e fazer uma foto até legal de lá dentro, ainda que sem entrar. Mas não é a mesma coisa…

Passei mal, como sempre passo. As meninas me ajudaram a descer e já no carro, era hora de me recuperar e seguir em frente, mostrar os cenários de Thriller ( a rua onde acontece a dança e a casa da moça) para as meninas. Respirei, rezei, e fomos.
Não foi fácil chegar lá. Eu estava enxergando muito mal. Mas fomos! A casa era perto do cemitério  logo chegamos, fotografamos e tivemos contato com mais um pouco da arte de MJ. Ali na rua estava tendo gravação de outro filme e dei uma espiada por ali também, mas nada que fosse possível identificar. Logo a vizinha da frente veio avisar que não podíamos fotografar ali, por ser propriedade privada. Ok, já tínhamos fotografado mesmo…rs…
De lá fomos para Downtown LA ver a rua onde ele gravou a dança. Demoramos um pouco para chegar, tanto pelo trânsito, como pela distância e pela minha vista nada legal para dirigir e muito menos para ler placas. Mas chegamos por lá. As meninas fizeram várias fotos. Eu confesso que fiz uma ou duas e voltei para o carro, era melhor eu tentar relaxar e descansar, pois ainda tinha uma meia hora de volante até o hotel…
Logo voltamos para o hotel. Era hora de descansar da quantidade de emoção que recebemos naquele dia! No próximo post conto como foi nossa quarta-feira! Até lá! 😉

Sobre FêRabaglio

Designer gráfico, autora do Blog Vou Pra California e Guia Para Orlando, apaixonada por Las Vegas, California e Orlando, minha história com este universo começou logo após o término na universidade, quando decidi passar um tempo na California fazendo Intercâmbio! Queria conhecer a terra do cinema e das palmeiras, estudar inglês, mas de uma forma mais econômica do que os tradicionais intercâmbios. Foi aí que minha jornada começou, que me apaixonei por este tema e logo dei início ao Blog que hoje ajuda tantas pessoas a encontrarem suas trilhas com destino na California!

4 Comentários


  1. Nossa, li todos os posts da viagem até agora e to amando. Chorei, ri, senti quase as mesmas emoções. É mesmo meu sonho ir pra CA, mas pena que não é possível :/, espero um dia conseguir.
    Aguardo os próximos posts

    Responder

    1. Que bom, Maria!
      Tento sempre expressar o máximo das emoções que passo por lá e é ótimo ter este feedback, saber que estou conseguindo. Me mostra que estou alcançando o objetivo deste blog, sabe?rs
      A California é um sonho americano, mas que toma conta de muitos brasileiros!rs Se tem esse sonho também, planeja e corre atrás que ele se realiza, digo por experiência própria! 😉

      Já postei mais um e amanhã posto sobre a Disney!
      Segue o blog, pelo box ali do lado direito, logo abaixo, que você passa a ficar sabendo sempre quando eu posto, ok?
      beijos e obrigada! 😉

      Responder

  2. Nem dá pra imaginar a reação que esse local deve proporcionar…fortes emoções.Parabéns Fernanda, amei os posts sobre a viagem, emocionante mesmo!!!

    Luana…

    Responder

    1. É isso, Luana: indescritível!
      Forest Lawn é um local bastante complicado de se entrar, embora lindo, uma arquitetura fantástica e que com certeza guarda grandes histórias. Sempre me emociono por lá, é um local que sempre penso muito para ir e que é difícil de sair…
      Obrigada pela atenção aqui no Blog, por ler e elogiar. Segue o blog, pois sempre tento postar dicas e histórias das viagens por aqui! 😉

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>