Downtown LA

Tempo de leitura: 3 minutos

Para nós brasileiros, os grandes centros costumam ser bem frequentados, os lugares mais caros e requintados. Pois bem, quando falamos de Los Angeles isso cai por terra. Devo logo dizer ao leitor aí do lado de lá do computador que frequentar Downtown LA à noite é perigoso e para poucos, ou seja, para quem tem as manhas do lugar.

Explico melhor: Assim como existem as famosas gangues de Nova York, Los Angeles também tem as suas e um dos principais lugares para encontrá-las é justamente em Downtown LA. O local, à eastside da cidade, é conhecido por ser menos favorecido economicamente, dominado pelo comércio ilegal, tráfico de drogas, violência e comércio negro, com muitos produtos falsificados de grandes marcas. Para quem conhece São Paulo, o que gere a economia lá é algo parecido com a Rua 25 de Março.

Não aconselho ninguém a se hospedar por lá, embora haja ótimos hotéis e baratos, pois a violência é grande por aqueles lados. Contudo, passear por lá para conhecer as origens de Los Angeles, os teatros famosos, e entender a cultura C e D da cidade é bastante válido. O conselho é não estar por lá ao cair da tarde, pois além de bem escuro, as gangues se manifestam por lá, ok? #FicaDica
Chegando em Downtown, aconselho, em especial, quatro lugares a conhecer:
 
Palace Theater: O Teatro do centro da Cidade, que ganhou fama e se consagrou após ser cenário no clipe de Thriller, de Michael Jackson, em 1984. O Teatro não funciona mais, mas sua entrada está lá, intacta, como na época das gravações de Michael e é uma referência quando se fala em cenografia de vídeos clipes, afinal, Thriller é Thriller, certo?
 
 
 
MacArthur Park Lake: É um local sem luxo. Mas um parque, ou uma enorme praça, com um lago lindo frequentado por patos e com um chafariz bem alto, algumas esculturas encantadoras e simples ao mesmo tempo. Um ambiente agradável onde, durante às tardes, as pessoas passeiam, jogam jogos de mesa e apreciam a brisa e a beleza das palmeiras. Bem cuidado, o parque é uma das opções de lazer do centro de Los Angeles, em especial no verão e primavera e que vale uma visita e rende boas fotos.
 
 
 
Staples Center, o estádio do Lakes:  O terceiro lugar é um dos grandes pontos turísticos bem famosos do centro de Los Angeles. O ginásio, além de receber os jogos do Lakers, recebe também muitos shows magníficos.  A arquitetura do ginásio é linda, todo espelhado, bem equipado e vale a pena assistir algo lá.  O #LA2012MJ irá assistir o Cirque Du Soleil em tributo à Michael Jackson lá, Michael Jackson THE IMMORTAL World Tour em 28 de janeiro. Depois posto aqui como será e as fotos, ok?

 

Nokia Theater: O próximo ponto fica do outro lado da rua, em frente ao Spatles Center e não fica atrás do Ginásio, além de lindo, oferece ótimas opções de entretenimento, com espetáculos teatrais, shows e grandes eventos, além de ser referência em Los Angeles.

E o último lugar vale para os fãs de Michael também. Muitos que viram o clipe Hold My Hand se encantaram com o paredão pintado de roxo, com a imagem de Michael anunciando a This Is It Tour, em Londres. Pois bem, esta parede está disponível para vermos e fotografarmos em Downtown. É apenas um muro de uma propriedade qualquer que foi grafitada lá, mas para fãs, vale dar uma passadinha por lá! 😉
Bem, sobre Downtown, é isso!
Dúvidas sobre algo? Poste seu comentário! 😉

Sobre FêRabaglio

Designer gráfico, autora do Blog Vou Pra California e Guia Para Orlando, apaixonada por Las Vegas, California e Orlando, minha história com este universo começou logo após o término na universidade, quando decidi passar um tempo na California fazendo Intercâmbio! Queria conhecer a terra do cinema e das palmeiras, estudar inglês, mas de uma forma mais econômica do que os tradicionais intercâmbios. Foi aí que minha jornada começou, que me apaixonei por este tema e logo dei início ao Blog que hoje ajuda tantas pessoas a encontrarem suas trilhas com destino na California!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>