Visto negado

Tempo de leitura: 4 minutos

No post sobre Visto Americano, eu expliquei como tirar o novo visto Americano e contei como foi a minha experiência, quando apliquei o meu. Hoje vou contar sobre outras experiências, pois sim, nem sempre dá certo.
É ruim pensar, falar e ver um visto negado, é um tapa na cara que se leva e não só quem tem esta porta fechada, mas também para quem acompanha, orienta curte a expectativa e sofre agonia da espera junto com quem aplica. Mas é necessário dizer que: “Cara, um visto negado não é o fim de um sonho!”.

No meio de 2010, vi o namorado de uma colega ter o visto negado 5 dias antes de viajar, e não era à passeio e sim para estudo, com escola e moradia escolhida e pagas por 3 meses. A impressão que se tinha é que ele tinha perdido o chão. Contudo, deu tempo de reaplicar e, por um milagre, ele conseguiu entrevista para São Paulo em 48hs, e na segunda tentativa concederam o visto, empresa que estava gerenciando a viagem dele interferiu e o visto saiu no dia (sem mandar passaporte por sedex) e ele viajou. No fim, o clichê: entre mortos e feridos, salvaram-se todos!


No fim do mesmo ano, via duas fãs de Michael Jackson, primas e do interior de São Paulo, planejarem a viagem curtirem todo o roteiro, expectativas e 2 meses antes de viajar, adivinha? Visto negado! E para as duas! As meninas choraram MUITO, foi BEM difícil para elas e chegaram a desistir da viagem, não reaplicaram e até hoje, simplesmente não foram para California realizar o sonho de trilhar o roteiro sobre Michael Jackson (algo parecido com o #LA2012MJ).


2010 foi um ano BEM difícil para tirar visto EUA. MUITOS vistos foram negados, a economia estava em crise (ainda está, mas hoje menos mal), o dólar super alto, e tirar visto era “missão QUASE impossível”. Digo QUASE porque eu tirei, mesmo tendo tudo contra mim, como eu contei no post anterior. Muitas pessoas desistiram da Terra das Palmeiras (vulgo Califa) por conta das complicações.


Em 2011 a pressão melhorou. A maioria dos vistos que eu tomei conhecimento foram aprovados. Na verdade, só esta semana que vi dois negados e é o que me motivou a escrever este post. Duas meninas do #LA2012MJ tiveram suas entrevistas no dia 29/11 e os vistos negados. Choquei! Eu jurava que iam aprovar. Ficaram tristes, abaladas no dia, e eu também.


Mas sabe o que me encheu de esperança novamente? A ânsia delas em dar a volta por cima e reaplicarem. A viagem está chegando, mas elas não desistiram, correram atrás e uma delas (a Adriana) me contou hoje que aplicou novamente para 12/12. Enquanto a Luana está se munindo de documentação e deixando as respostas todas na ponta da língua, afinal, ninguém tem nada a esconder. Sonham apenas com uma viagem de férias pela California.


Fiquei muito feliz de vê-las correndo atrás, reaplicando, vendo documentação, extratos bancários, pedindo dicas e orientações. Acho que o que vale a pena é isso: fé, energia e força para realizar o que te faz feliz! Eu tive medo de a viagem ficar sem elas, de desistirem como vi acontecem no passado. Mas está sendo lindo e motivante vê-las correndo atrás do tempo, vencendo expectativas e lutando por um sonho já tão planejado e que estamos curtindo juntas desde o começo do ano.


Olho para elas e vejo e me impressiono como estes dois motivos juntos (California + Michael Jackson) movem mais do que montanhas, movem pessoas por um ideal, um sonho estrelado, com direito a todas as estrelinhas da Calçada da Fama.


E o que tiro de tudo isso para deixar como mensagem neste post é: 
Primeiro NUNCA desista do seus sonhos, nunca diga nunca! Se você quer, você pode e consegue. Basta ter força, planejamento e ir a luta! Se joga, arrisque e conquiste! 😉
Segundo, Adriana, Rosângela e Luana, não se preocupem, o visto vai sair desta vez! Pensem que o visto negado foi só para dar emoção! 😉 desta vez sai e em 23/01/2012, nós vamos pra Califórnia! … “Los Angeles, here we goooo!”rsrs


Bem, é isso.
E aí, tem alguma experiência para contar sobre vistos aprovados, negados, loucuras e expectativas? Comente! 😉

Sobre FêRabaglio

Designer gráfico, autora do Blog Vou Pra California e Guia Para Orlando, apaixonada por Las Vegas, California e Orlando, minha história com este universo começou logo após o término na universidade, quando decidi passar um tempo na California fazendo Intercâmbio! Queria conhecer a terra do cinema e das palmeiras, estudar inglês, mas de uma forma mais econômica do que os tradicionais intercâmbios. Foi aí que minha jornada começou, que me apaixonei por este tema e logo dei início ao Blog que hoje ajuda tantas pessoas a encontrarem suas trilhas com destino na California!

16 Comentários

  1. daniella

    ola!
    tive o visto de turista negado em maio por erro no preenchimento da DS. La nao constava meu salario.Detalhe, fui com toda minha familia e so o meu foi negado.
    Mas agora pretendo tirar de estudante.
    Meu atual perfil, fui demitida, nao estudo. Vc acredita que com uma boa assessoria tenho chances?
    Tenho a grana para comprovar,meu pai sera o patrocinador.
    Pretendo fazer um curso de ingles de 6 meses em San Diego.

    Responder

    1. Olá, Daniella!
      Neste caso é um pouco de sorte, você já teve visto negado e não aparentemente não tem algo que te “prenda” ao Brasil, um vínculo de fato. Mas se for visto de estudante costuma aprovar mais fácil… Peça sim ajuda de assossoria, eles costumam ter “macetes” para aprovar vistos difíceis como o seu…rs
      Boa sorte!
      See ya!

      Responder
  2. ingrid leite

    Olá. Tive meu visto negado pois (acredito) errei o formulário e não coloquei quem estava custeando minha viagem, fiquei nervosa e acabei me enrolando na entrevista, vou aplicar novamente essa semana mas gostaria de saber quais documentos exatamente preciso levar para comprovar a renda da minha madrinha.

    Responder

    1. Olá, Ingrid! Todos os possíveis: extrato bancário,, holerite, IR, extrato de investimentos, tudo. Importante mostrar algum vínculo entre vocês ou declaração dela se compromissando com isso! Boa sorte!
      See ya

      Responder
  3. Marcela

    Fiz minha entrevista no consulado esta semana e fui muito rápido e simples. Já tinha lido dicas sobre não falar demais e nem dizer coisas que não tenha sido perguntado. O consul somente me perguntou: – para onde vc vai? R: Ny e miami / – Qual motivo? R: Férias / – O que vc faz? R: Sou jornalista e trabalho em uma agência de música / Ok, aprovado!
    Simples assim!
    De resto, olhou meus passaportes antigos e acrescentou no final “se vc quiser trabalhar lá como jornalista precisará de um visto diferente, ok?” Respondi “sim, claro”, agradeci e saí.
    Minha dica é: Fale pouco, olhe nos olhos quando responder e fique calmo!

    Responder
  4. julia

    Boa tarde galera vou deixar aqui a minha experiencia tentando tirar o visto americano em São Paulo. Fomos eu e meu marido. coloquei no formulario que eu pagaria a viagem. Fizemos a entrevista juntos. Roteiro:
    Consul: Boa tarde.
    nós: boa tarde
    c: vão a turismo?
    nós: sim
    c: ja viajaram a outro pais alguma vez?
    nao
    c: Sao casados?
    sim
    Voce trabalha com que Wagner?
    tecnico em informatica
    c: declara imposto de renda?
    sim, como isento (ganhos: 2.500)
    c: sei
    c: a quanto tempo declara?
    a pouco tempo
    c:Moram em casa própria?
    sim
    c: a casa esta em nome de quem?
    do meu pai.
    c: e vc Julia trabalha com que?
    funcionaria pública, assistente administrativa
    (salario 2.500)
    c: tem imposto de renda?
    nao, sou isenta.
    c: tem filhos
    ainda nao.
    digita digita digita digita
    ok
    visto recusado
    quando a situação de vocês melhorarem vocês voltam.
    Eu: quer ver o meu contracheque
    c: não, a gente trabalha só com imposto de renda.
    Você não tem e seu marido declara a pouco tempo.
    Xau.
    Conclusão: sem imposto de renda que comprove bens e sem um bom salário= visto negado

    Responder

    1. Olá, Julia!
      nem sempre, nunca me pediram o IR e já fiz visto algumas vezes e sempre em SP.
      É um pouco de sorte, da “implicância” de quem te atende e das situações em que você se encontra. Talvez se a casa estivesse no nome de vocês o cenário fosse outro, mas são hipóteses…
      Bem, boa sorte para vocês na próxima tentativa e obrigada por dividir conosco sua experiência!
      See ya

      Responder
    2. Anônimo

      Oi Júlia meu caso foi mesmo eu ia com minha filha para Miami casa de amiga com carta convite de lá para Disney , meu esposo não ia Pq estava trabalhando e não tirou férias, como comprovei renda de 2.000 com holerite e meu esposo não levei ele não declara imposto renda ele digitou digitou visto negado detalhe levei extrado minha poupança com saldo de 17.000 reais. Fiquei decpionada

      Responder
  5. Adejair Silva

    Boa noite pessoal!
    Quero contar aqui a minha experiência com o visto americano.
    Em 27 de setembro de 2015 resolvi procurar obter a aquisição do visto americano.
    E a primeira pegunta feita pelo cônsul foi… você é solteiro? E- sim. C- para onde você está indo aos E.U.A? E- NY. C- O quê você faz no Brasil? E- sou empresário. C- você tem declaração de imposto de renda? E- sim. C- posso ver? E- sim. C- quantos empregados você tem? E-nenhum. devido minha Empresa ser MI C- você já viajou alguma vez para algum país? E- sim, Europa em 1992. Então ele virou pra mim e perguntou… por quê você demorou tanto tempo para decidir viajar para outro país? Foi ai que recebi a pergunta tão inesperada que fiquei sem ação e disse… não tive interesse de viajar antes.
    Então ele virou pra mim e disse, vamos analisar o seu pedido. Por favor, aguarde ao lado. Depois fui chamado novamente e um outro cônsul me atendeu, pediu que eu pegasse o telefone ao lado e disse pegue os seus documentos. você precisa de vínculos fortes com o Brasil. Sai de lá totalmente envergonhado que até para olhar para os lados fiquei com vergonha. ainda mais carregando aquele papel cor de rosa. Imagine!

    Responder

    1. Olá, Adejair!
      Tudo bem?
      Imagino seu sentimento, sem contar o gasto que vai para o lixo, não é?

      Mas sinceramente acho que o problema deles não foi com os vínculos (eles falam isso sempre, independente do motivo real). O que faltou foi segurança para responder todas as perguntas feitas. Eles de fato procuram fazer alguma pergunta que foge do contexto para analisar reações. Procure responder sempre com tranquilidade, sem mostrar surpresas, ansiedade, medo de ser negado. Isso costuma funcionar! 😉
      See ya!

      Responder
  6. Deborah

    Boa noite galera,
    Fiz minha entrevista na sexta feira (10/06/16) no consulado no Rio de Janeiro.
    Estava tentando para visto de estudante e iria estudar por 6 meses na Califórnia.
    Sempre ouvi dizer que o consulado do RJ era bem mais tranquilo do que os outros,mais não foi isso que vi.
    Bom vou contar minha entrevista:
    Consul: Bom dia.
    eu:bom dia.
    Consul: Visto de estudante?vai estudar oque?
    eu: Inglês
    Consul: para que você quer estudar inglês?
    Eu: para aprimorar meus conhecimentos.
    Consul:Hum,só por isso?
    Eu: porque sou enfermeira e perdi varias oportunidades na minha área por falta de inglês.
    Consul: Que oportunidades foram essas?
    Eu: entrevista em algumas empresas.
    Consul: que empresas foram essas?
    Eu: Hallibutom e Petrobras.
    Consul: Qual trabalho atual?
    Eu: estou desempregada
    Consul:desde quando e porque saiu do trabalho?
    Eu: desde de maio e sai porque minha chefe nao quis me liberar para a viagem (errei ai eu acho!=/
    Consul:quem vai pagar sua viagem?
    Eu: meu pai.
    Consul: voce mora com quem?
    eu: meu pai e minha mae
    Consul: trabalho atual do seu pai?
    Eu: aposentado.
    Consul: profissão do seu pai?
    Técnico em instrumentação.
    Ficou la digitando,digitando,digitando…
    Negado por falta de vínculos e porque não entendi seu real interesse em ir para os EUA.
    Ai ele: Tchau, próximo.
    Não tive nem a chance de me explicar,e sai de la sem entender nada,como assim não entendeu meu real interesse com a carta da escola em mãos?
    Só pude ficar P…da vida!Rs

    Responder

    1. Olá, Deborah!
      Na verdade ele ficou com medo de você ficar ilegal nos EUA, pois você não tinha vínculos com o Brasil, sem emprego, faculdade, não sei se mostrou algum tipo de carnê ou coisas em seu nome, por exemplo…
      Reforce seus vínculos e tente novamente! 😉

      See ya

      Responder
  7. Daniele

    Tentei meu visto e da minha filha e fui negada, ia para Miami casa de uma amiga e depois Orlando levar minha filha Disney aniversário dela 6 anos , sou casada meu marido não ia por causa trabalho, levei carta convite minha amiga, declarei renda 2.000 , mas levei extrado poupança 17.000 saldo em meu nome, ele olhou perguntou quanto meu marido ganhava falei 4.000 ele pediu imposto renda meu marido eu não tinha , Pq eu ia custear minha viagem levei holerite com renda 2.000 ele olhou digitou e falou visto negado, poxa fiquei decepcionada pois levei todos documentos e fui negada Pq ganho pouco, mesmo tendo saldo poupança , sai muito triste

    Responder
  8. Gabriela

    Oi pessoal,

    Tive o meu visto e do meu namorado negado na ultima semana (setembro), acredito que foi por erro no preenchimento do DS, pois na parte do curso( que no caso seria cursos profissionalizantes) coloquei o curso da faculdade, e a data de termino não poderia ser posterior a Aquela data, coloquei então a data de 2016 (dãrrrrr). O cônsul então nos pediu a data de termino da faculdade e dissemos 2019. Não deu outra, fez mais algumas perguntas e negou!
    Porém estou indo para a viagem na Disney, pois iremos fazer uma maratona em janeiro. Tenho 20 anos, faço faculdade e trabalho (namorado só faculdade/pais irão pagar). Irei pedir outro visto agora no início de novembro, quais as chances?

    Responder

    1. Oi, Gabriela!
      Se foi só erro de formulário, as chances são boas. Mas a verdade é que é sempre imprevisível!rs…
      Já vi aprovarem no segundo, aplicando no mesmo mês, e conheço pessoas que já tentaram 10 vezes, todos negados e desistiu… =/
      Mas tente mais uma vez sim, coloque as datas certinhas e concentre-se na entrevista, responda tudo como está no formulário, para não dar problema e leve todos os documentos possíveis para comprovar renda e vínculo com o Brasil! 😉

      Boa sorte! 😉

      Responder

  9. Ola estou aqui pra contar minha experiência com visto americano….estive em agosto agora tentar visto para eu..meu esposo…minha filha….pois sonho dela e ir para Disney….eu sinceramente nao entendo como os americanos sao tão estupidos…..vc para caro pra pegar um visto….eles nao olha na sua cara..mesmo vc preencher todos requisitos para conseguir visto…vi minha filha aos prantos dentro da enbaixada me revoltou…..ai ela em desespero pediu…mãe por favor tenta outra vex….ai fui novamente hoje isso mesmo hoje…gastamos quase 4 mil reais em 2 meses ne minha gente para realizar sonho de um filho… Advinha? Depois de perguntar toda nossa vida. De eu responder que conheco 5 paises diferentes…e me perguntar o que conheco no BrAsil nos perdemos as contas de tantos lugares…..pedir nossa pasta com todos documentos minha gente….5 imoveis quitados…. Extrato bancário recheado ne do que eles adoram dinheiro ….sabendo que tenho 2 filhos que aqui ficaria enquanto viajo com minha filha…. Ela vira e diz…..vcs nao preenchem requisitos para visitar Estados unidos…..hoooommmmm Deus me segura…..minha filha mais uma vez aos berros chorando por que nao pode ir visitar essa merda de Disney…..sinceramente temos que parar de pagar pau para Estados unidos gente pois para eles somos uma mina de dinheiro….eu digo meu dinheiro esse povo não vê mais…..

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>