Walt Disney World: Disneyland, o 1º parque!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Walt Disney World completa 31 anos!

 Sim, caríssimos hoje o famoso e maior parque resort do mundo faz aniversário e, embora fique em Orlando, no estado da Flórida, bem longe da California, achei prudente falarmos dele aqui, afinal, faz parte do sonho de muitos conhecer. E aproveitamos e explicamos como funciona esse negócio de Disney” no Estados Unidos, certo?

 
 
Era uma vez…
 
Contam a história do povo de Los Angeles que, na década de 1940, o mentor de todo este universo de Fantasia, Mr. Disney, estava passeando com suas filhas no Griffith Park, em Hollywood e, ao observar a alegria das meninas se divertindo, passou a imaginar um parque de diversões diferente daqueles parques municipais, mas que fosse temático, envolvendo adultos e crianças em uma alegria única, proporcionando uma experiência de vida inesquecível, ensinando sobre amor, alegria, família, amizade.

O sonho dele começaria a se realizar na década seguinte, com a criação do primeiro parque temático, na California, próximo à Los Angeles, onde Walt Disney vivia, e que deslancharia a imaginação e o conta bancária da companhia Disney durante o século XX em milhões de dólares.
Neste post vamos falar sobre DISNEYLAND. E ao longo da semana vou falando dos outros posts, ok?
O que é a Disneyland?
 
“Para todos os que vêm a este lugar feliz: Bem-vindo. Disneyland é a sua terra. Aqui idade revive boas lembranças do passado, e aqui a juventude pode saborear o desafio e a promessa do futuro. Disneyland é dedicado aos ideais, os sonhos, e os fatos em que criaram a América, com a esperança de que ele vai ser uma fonte de alegria e inspiração para todo o mundo.”
(Walter E. Disney , 17 de julho de 1955, dia da inauguração do Parque)
Disneyland é um o primeiro parque temático de diversões criado pelo Mr. Walter Elias Disney, na cidade de Anaheim, Condado de Orange, na Califórnia, (cerca de 50 minutos de Los Angeles), em 1955. Este é uns principais parques do país e custou, na época cerca de 17 milhões de dólares ara ser construído.
O complexo foi construído em um antigo laranjal, cm cerca de 650 mil m², todo tematizado para proporcionar uma experiência única de magia e contos de fadas, envolvendo os visitantes com histórias de fábulas e “era uma vez”, que ainda nos fazem sonhar com aquele mundo de alegrias e felicidade eterna. Logo passou a trazer lucros exorbitantes para a empresa mãe, The Walt Disney Company, já recebeu mais de  600 milhões de pessoas e hoje atrai mais 16 milhões de visitantes todos os anos, que deixam por lá mais de 3 bilhões de dólares.
O parque é dividido em 8 grandes áreas, sendo:

1. Main Street: É o complexo comercial, com todo o charme e glamour das vias do centro oeste da década de 1920, é repleta de lojas com coisinhas fofas sobre o Mundo Disney, além restaurantes, docerias, joalherias.

Este é o primeiro espaço que se conhece quando se entra no parque, logo após a recepção feita pela estátua do Senhor Disney!rs
O cenário recria uma cidade, com prefeitura, praças, cinemas, bombeiro, estação de trem e trilho dos bondes.

2. Adventureland: é a área das aventuras, inspiradas nas civilizações antigas da Ásia e da África, contando com um cenário fortemente baseado em vegetação bem planejada, que decora e dá o clima de selva à área. O local conta com atrações que remontam filmes como Indiana Jones e Tarzan.

3. New Orleans Square: Criada em 1966, é a parte mais antiga e mais frequentada também. Com cenários que remontam o século XIX, é a sede de atrações populares e com maior visitação, como Piratas do Caribe e Mansão Assombrada, além da atração noturna Fantasmic!.


4. Frontierland: a área conta a história americana, com as batalhas dos índios e que, segundo Walt Disney, dão orgulho ao povo americano de seus antepassados, história e conquistas. As atrações recontam as aventuras tentam remontar as sensações vividas na época.


5. País Critter: A área é inspirada no filme Canção do Sul, repleta de árvores que remontam uma floresta e uma das menores do parque, mas não menos importante, passando por atrações mais escuras e abriga toda a diversão inspirada no Ursinho Pooh e a Splash Montain, bastante famoso no parque.

6. Fantasyland: área mais lúdica do parque, possui atrações tradicionais como o Carrossel do Rei Arthur, o Castelo da Bela Adormecida e um voo com Peter Pan.


7. Toontown de Mickey:  A área remonta a cidade de Mickey Mouse, com a casa dos principais personagens da turma de Minnie e Mickey, bem como lanchonetes da cidade. O cenário é dos mais lindos e nos insere no mundo de faz de conta, proporcionando fotos inesquecíveis.

8. Tomorrowland: é o espaço futírisco e tecnológico da Disneyland. Conta com brinquedos relacionados tecnologias, vários games, demonstrações de um mundo altamente conectado, cinemas com realidade aumentada, 3 e 4D, personalizado sobre o tema de Procurando Nemo,  Star Wars e o tributo à Michael Jackson, Captain EO.

Além das atrações, o parque conta com alguns hotéis da Disney, que complementam a experiência Disneyland, proporcionando ainda mais magia do acordar à exaustam, no fim da noite.

E aí, se animou a conhecer mais sobre Disneyland e viver esta aventura?

icone-atracoesVocê pode adquirir o seu Ingresso para a Disneyland, incluindo transporte de ida e volta para Los Angeles, aqui neste link do Blog!

Sobre FêRabaglio

Designer gráfico, autora do Blog Vou Pra California e Guia Para Orlando, apaixonada por Las Vegas, California e Orlando, minha história com este universo começou logo após o término na universidade, quando decidi passar um tempo na California fazendo Intercâmbio! Queria conhecer a terra do cinema e das palmeiras, estudar inglês, mas de uma forma mais econômica do que os tradicionais intercâmbios. Foi aí que minha jornada começou, que me apaixonei por este tema e logo dei início ao Blog que hoje ajuda tantas pessoas a encontrarem suas trilhas com destino na California!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>