Tokio Disneyland

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

 O início da internacionalização da Disneyland!

Sim, é isso! O Mundo de Walt Disney se aventurou primeiro em terras orientais, quando decidiu expandir seus parques para além das fronteiras americanas.E a terra escolhida foi a cidade de Urayasu, Chiba, próximo à Tokyo, capital japonesa, em 1983. O parque foi um sucesso logo no primeiro ano, incentivando a Disney a conquistar novos países. E os investimentos na ampliação do complexo, em 2011 trouxeram a superação do record da Universal Studios Japan, de 10 milhões de visitantes em 338 dias do parque, batendo este record há 307 dias da inauguração do segundo parque.

O parque, que assim como a Euro Disney, é todo baseado na Disneyland original, de Anahein, na California, é considerado o terceiro maior parque temático do mundo, atrás apenas dos irmãos Disneyland California e Magic Kingdom, em Orlando, e fica próximo às Estações Maihama e Tokyo Disneyland e conta com dois parques, sendo a Tokyo Disneyland e o Tokyo DisneySea.

Para todos os que vêm a este lugar feliz, bem-vindo. Aqui você vai descobrir terras encantadas de fantasia e aventura, Ontem e Amanhã. Tokyo Disneyland pode ser uma fonte eterna de alegria, o riso, a inspiração ea imaginação para os povos do mundo. E que este reino mágico seja um símbolo de resistência do espírito de cooperação e amizade entre as grandes nações do Japão e dos Estados Unidos da América. 

 

(E. Cardon Walker , 15 abril de 1983)

A Tokyo Disneyland possui a estrutura muito parecida com a americana, contando com o Main Street, que é a via principal, repleta de lojas e arquitetura no melhor estilo do século 20 da América. Esta é a via de entrada que nos leva da bilheteria até o Castelo da Cinderela.

De lá temos o caminho para Adventureland, onde temos as atrações inspiradas em filmes de aventura, misturando um pouc da Adventuredland da Disneyland e da New Orleans Park, da Florida. Aqui temos atrações inspiradas em Piratas do Caribe, Jungle Cruise e outros.

Do outro lado do Castelo da Cinderela fica Tomorrowland, com uma ambientação mais urbana, recebe atrações mais conectadas e  aspectos futuristas, como a Space Montain e Stars Tours: The Advetunres Continue.

Há também uma área dedicada ao velho-oeste americano, relembrando os rios americanos e áudio de animais. Westernland é inspirada em Frontierland do Magic Kingdom e tem como principais atrações o Teatro Bear Country e o Big Thinder Montain.

Como não poderia faltar, a Fantasyland tem a entrada no castelo da Cinderela, que nos leva à passeios por filmes clássicos como Branca de neve, Peter Pan, Pinóquio e aos lares dos ícones Disney, como a Mansão Assombrada.  Enquanto a Toonrown, chamada nos outros parques de Mickey Toonrown, é conhecida por ser o centro dos cenários mais lindos: a casa dos personagens Disney, como Mickey, Minnie, Margarida, Pateta, Dumbo e outros.

Tokyo DisneySea

No outro parque, inaugurado em 2001, chamado Tokyo DisneySea, foi o parque mais caro a ser construído até então, sendo investido USD 4 bilhões e, junto à Tokyo Disneyland, são os únicos parques da Marca Walt Disney que não pertencem à Walt Disney Company e sim à Oriental Land Company, que possui licença para construção dos parques. Este parque tem foco no público adulto, com atrações mais rápidas, maior adrenalina que lidam com coragem, sustos e medos, tendo como monumentos principais, um Vulcão enorme ao centro do parque, o Monte Prometheus, que simboliza às áreas vulcânicas do Mediterrâneo e o AquaSphere DisneySea, um globo terrestre ao centro de uma fonte de água, na entrada do parque, que é dividido em várias áreas, como todos os parques.

A entrada foge do comum Main Street e desta vez encontramos uma bifurcação, onde a direita nos leva à Ilha Misteriosa e à esquerda ao Waterfont, que possui um hotel real dentro do parque, em uma área que remonta o Canal do mediterrâneo, com arquitetura inspirada na cidade de Veneza e o hotel em pleno funcionamento dá aos visitantes e aos hóspedes a surreal sensação cinética de estar em uma Disney em Veneza, uma experiência incrível que só se encontra na Disney japonesa.

Outra área que merece destaque é a Mermaid Lagoon, o lar da Pequena Sereia. O local recria a sensação de estarmos debaixo d’água e há shows ao vivo que contam a história da sereia e tem como foco um público mais infantil.

Em Arabian Coast, temos um espaço dedicado à Alladin, com um cenário exótico inspirado nas Arábias e combinado com o mundo encantado das 1001 Noites nas Arábias. Lá as atrações principais são o teatro Lâmpada Mágica com tecnologia 3D para dar mais realismo ao gênio; Voyage Sindbad Storybook, que é um passeio de barco por cenários que superam as atrações inspiradas em Piratas do Caribe; e o carrossel que comporta até 190 passageiros.

O Los River Delta é inspirado nas ruínas astecas da América Central, com as pirâmides que abrigam a atração inspirada no filme Indiana Jones e um espetáculo teatral que acontece em um hangar abandonado recuperado pela selva, o  Mystic Rhythms.

As entradas seguem o padrão americano, vendendo dois dias de parque, sendo um dia para visitar cada um dos parques, mas é possível comprar apenas uma diária, como comprar 3 ou 4 dias, além de pacotes que incluem hospedagens nos hotéis do resorts inclusive n o  Tokyo DisneySea Hotel MiraCosta, o htel localizado dentro do Tokyo DisneySea.

Enfim, um olhar dos japoneses que misturam sua cultura e culinária dentro do ambiente da magia americana e inspirações arquitetônicas da Europa, um pedacinho de cada lugar no mundo unidos em um parque dedicado a fantasia e ao sonho de Walt Disney!

E aí, gostou?
Amanhã fechamos a série Walt Disney de posts contando sobre a Disney na China, ok?
Beijos!

Sobre FêRabaglio

Designer gráfico, autora do Blog Vou Pra California e Guia Para Orlando, apaixonada por Las Vegas, California e Orlando, minha história com este universo começou logo após o término na universidade, quando decidi passar um tempo na California fazendo Intercâmbio! Queria conhecer a terra do cinema e das palmeiras, estudar inglês, mas de uma forma mais econômica do que os tradicionais intercâmbios. Foi aí que minha jornada começou, que me apaixonei por este tema e logo dei início ao Blog que hoje ajuda tantas pessoas a encontrarem suas trilhas com destino na California!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>