Vencendo obstáculos – Inspirado em “Escritores da Liberdade”

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Olá, pessoal!

Esta noite assistir novamente o filme “Escritores da Liberdade”, de 2007, que conta a história real de uma professora que não desistiu de alunos com poucos recursos e desacreditados quanto ao seu potencial de vencer e conquistar seus sonhos, por não serem favorecidos financeiramente, serem negros de Long Beach e desprezados por uma sociedade preconceituosa e elitista.

Este filme sempre me faz pensar, pois mostra o outro lado da California, afinal nem tudo são flores e o sonho da California e o glamour de Hollywood camuflam os problemas sociais que aquela região também tem.

Aqui no Brasil, normalmente temos uma ilusão com Long Beach, pensamos apenas em praia, calor e alegria. Mas a região é periférica e, embora tenha sim um visual lindo e passeios incríveis para os turistas, possui também sérios problemas sociais, como mostra o filme. E isso não é apenas em Long Beach.

Los Angeles, Long Beach e outras cidades do condado têm violência, suas gangues, rivalidades, pontos fortes de tráfico de drogas e preconceito com classe social, cor e etnias. Olhamos para o Brasil e mascaramos o preconceito que o sul do país tem com o nordeste, por exemplo. Mas achamos que isso é aqui e que lá não acontece, o único preconceito declarado é o do orgulho americano, que despreza os latinos.

Mas sabe, o que tiro de lição do filme e aplico aqui é que todo mundo tem problemas, precisa vencer obstáculos para conquistar o que deseja. Hoje saiu o visto das meninas que tiverem o visto negado, como eu comentei NESTE POST. E eu fiquei muito feliz por elas, pois correram muito atrás deste visto, reuniram uma documentação louca para conseguirem e venceram, chegaram lá!

Agora o #LA2012MJ está oficialmente preparado para viajar! Mas não pretendo mostrar a elas uma ilusão de Los Angeles. Eu organizo a viagem de forma a saber que ninguém vai estar em lugares perigosos e que faremos a viagem com segurança, mas não mascaro, não acho que eu deva passar uma falsa imagem do local, pois viagem é cultura histórica, social, geográfica, comercial e assim sendo, quero que elas realmente conheçam bem onde o ídolo morava, trabalhava, onde sua família ainda vive e o que tem nos arredores. Acho importante saber que Beverly Hills é o paraíso, mas que Los Angeles nem tanto e que Downtown LA é um local triste, com sérios problemas, etc.

Claro, não vamos lá para resolver problemas e nem eu quero que seja uma viagem triste. Mas acho que viajar é ser cidadão consciente e entender que o país lá do lado de cima do mundo também tem problemas, mas que se pode superar com determinação e união, como vemos no filme.

No meu papel de orientadora das viagens, procuro o meu lado de Senhora G, aproveitando a experiência de cada participante das viagens e incentivando-as a sonhar, planejar e correr atrás de seus sonhos. Com o #LA2012MJ está dando certo! 😀

Abaixo deixo o trailler do filme, a quem interessar:

 

Sobre FêRabaglio

Designer gráfico, autora do Blog Vou Pra California e Guia Para Orlando, apaixonada por Las Vegas, California e Orlando, minha história com este universo começou logo após o término na universidade, quando decidi passar um tempo na California fazendo Intercâmbio! Queria conhecer a terra do cinema e das palmeiras, estudar inglês, mas de uma forma mais econômica do que os tradicionais intercâmbios. Foi aí que minha jornada começou, que me apaixonei por este tema e logo dei início ao Blog que hoje ajuda tantas pessoas a encontrarem suas trilhas com destino na California!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>