Maconha e outros fumos: Quem pode e como comprar na Califórnia?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Olá, pessoal!
 
Hoje vamos falar do que há de mais diferente, nas dicas da semana sobre cuidados, cidadania e multas, na Califórnia.
 
No Brasil é permitida a compra de cigarro em qualquer idade, em qualquer supermercado ou bar, certo? Qualquer criança pode comprar o cigarro do pai, por exemplo. Enquanto o consumo de maconha é proibido, sendo a venda executada apenas por traficantes, como atividade ilegal. O consumo não é proibido (e nem pode ser, devido à democracia), mas se surpreendido portando uma quantidade excessiva da erva ou fumo o cidadão vai preso por tráfego.
 
Em alguns estados dos Estados Unidos, incluindo a Califórnia, esta regra é diferente. A erva (maconha) é considerada medicinal e com qualquer comprovação de uso da erva contra dor de cabeça, por exemplo (uma receita), você pode comprar a erva legalizada em qualquer casa de fumo (as smokehouses) , tendo direito a passar no cartão de crédito, parcelar se for americano, e ter nota fiscal! Contudo, a prática vale para o segundo estágio da maioridade no país, ou seja, jovens a cima dos 18 anos. E sim, eles pede ID (como eles chamam o RG deles) e para estrangeiros o Passaporte.

Claro que muitos usam sem um fator medicinal e é claro que o governo sabe disso. Mas a grande vantagem é que eles não têm problemas com boca de fumo, traficantes da erva, contrabando e isenção de impostos fiscais na venda clandestina do fumo.
 
Para os consumidores, bem, eu particularmente nunca fumei maconha, mas conversando com amigos brasileiros lá, que usaram a maconha brasileira e a ofertada na Califórnia, a diferença é que a de lá é muito mais forte, pois é pura, não mistura com outras substâncias para produzir o fumo. Lá eles compra a erva propriamente dita, o que causa um efeito mais forte ou duradouro.
 
E então, quem concorda com a medida tomada por eles para a lidar com a Maconha?
 
Bem, é isso. Aguardo a opinião de vocês!
Beijos

Sobre FêRabaglio

Designer gráfico, autora do Blog Vou Pra California e Guia Para Orlando, apaixonada por Las Vegas, California e Orlando, minha história com este universo começou logo após o término na universidade, quando decidi passar um tempo na California fazendo Intercâmbio! Queria conhecer a terra do cinema e das palmeiras, estudar inglês, mas de uma forma mais econômica do que os tradicionais intercâmbios. Foi aí que minha jornada começou, que me apaixonei por este tema e logo dei início ao Blog que hoje ajuda tantas pessoas a encontrarem suas trilhas com destino na California!

19 Comentários

  1. Anonymous

    Queria tanto que o Brasil retirasse esse antolho e adotasse essa medida, enfraqueceria o crime de narcóticos, a violência e consequentemente poderíamos investir em boa medicina, saúde. Educação! Se cada paciente pudesse cultivar seu próprio remédio, não iriam precisar recorrer as bocas de fumo. Chega de violência, queremos paz! Muito amor

    Responder

    1. O problema no Brasil, para este caso, é político! A grana que rola com esta e outras proibições é absurda, não vale a pena!… $$$ …

      Responder
  2. Anonymous

    Na verdade acho que se isso ocorresse aqui seria muito bom acredito que as pessoas seriam mas paz e amor….

    Responder
  3. Anonymous

    Se depender dos políticos, a maconha nunca vai ser liberada, eles ganham mais com a proibição do que com a liberação.
    Muitos deles são chefes de quadrilhas, por isso eles querem prender pais de família que fuma maconha para deixar os comparsas soltos porque não tem cadeia para todo mundo, e quando prende algum traficante é peixe pequeno.
    cadeia é para quem rouba, estrupa, agride, e não para quem fuma maconha.
    você que quer a proibição, quando o seu filho a sua filha for morto ou estrupada, não adianta reclamar, foi você quem escolheu, prender os maconheiros e deixar os bandidos soltos.
    Melhor um filho maconheiro do que um filho morto.
    Agora para os pais ignorante que prefere o filho morto, para a maconha tem cura , para a morte não….pensem nisso……..

    Responder

    1. Olá, Juliana! A venda é feita sob receita. Sei que próximo a UCLA, em Westwood tem tabacaria. Em Santa Monica não me recordo.
      See ya

      Responder
  4. Lola

    É preciso ser residente da California, ou seja pagar contas de lá, pra conseguir a receita ou posso colocar o meu endereço do airbnb/quarto alugado?

    Responder

    1. Olá, Lola! Não é preciso ser residente, ter greencard, nada disso.
      Durante o meu intercâmbio, lembro de brasileiros que conseguiram a receita de forma bem simples.
      See ya!

      Responder
  5. Rgn

    Como ja comentaram ,cadeia no brasil, deveria ser para os politicos corruptos e nao para consumidores de maconha. Onde a desgraça da cachaca tem o poder devastador e é liberada.

    Responder
  6. João Victor Trevisan Gonçalves

    por favor para comprar tem que ser maior de 18 ou 21 anos ?

    Responder

    1. Olá, Jonathan! Como eu disse, se você tiver algum problema de saúde que o médico de lá ache apropriado te receita maconha, independente da idade, você terá receita para comprar. Caso não, não é possível. O foco da maconha lá é para uso medicinal.

      Responder

  7. E como eu faço pra conseguir a receita com 19 anos por lá o mais proximo de point loma san diego?
    Quero chegar por lá e não ter dificuldade pra conseguir a receita por favor ajuda ai 😉

    Responder

    1. Olá, Jonathan! Como te disse por email, eu não morei em San Diego e nunca usei as ervas, portanto não tenho como te passar endereços. Além disso, n]ao há uma garantia que você vá conseguir ervas assim, pois o foco é o uso medicinal e o médico que te atender precisa te avaliar e diagnosticar um problema de saúde e entender que o melhor tratamento são ervas.
      A erva é receitada como qualquer outro remédio, não um mercado aberto onde você quem decide se vai ou não utilizar, ok?

      See ya!

      Responder
  8. Dede

    Ola queroa saber como fasso pra conseguir essa carterinha essa receita oque posso falar sou uma pessoa muito agitada ja tive um acidente q sofri e sofro muitas dores de cabeça preciso muito !

    Responder

    1. Não é uma questão de querer a carteirinha, é uma questão de ter um problema e um médico de lá julgar necessário te receitar isso ou não. Assim como qualquer outra medicação, não depende de você o que vai ser medicado e sim do profissional que te atender.

      Se eya

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>